SAC: 11 5536-9132 | modelsco@modelsco.com.br

Plastimodelismo é um hobby que consiste em construir miniaturas em escala reduzida fabricadas na forma de kits plásticos com o objetivo de exposição estática.

Os temas mais comuns no plastimodelismo são aviões, navios, automóveis, motos e veículos blindados como tanques. A maioria dos modelos retratam veículos militares, devido à grande variedade de forma e contexto histórico comparado aos veículos civis e também pelo fascínio que máquinas militares exercem sobre muitas pessoas, os aspectos de engenharia envolvidos nos diversos modelos de transportes e o estado da arte do design.

Essa tendência de recorrer aos modelos militares também funcionava como propaganda de guerra. Assim, no contexto da Guerra Fria, os veículos de guerra dos Estados Unidos eram grandiosos e cheios de detalhes, ao passo que os da União Soviética eram apresentados como simples e arcaicos, considerando que o mercado de plastimodelismo era dominado por Estados Unidos e Europa, polo capitalista da guerra ideológica Capitalismo vs Socialismo.

Porém, a economia também ditava as regras nesse mercado abrangente. Empresas de aviões começaram a ver suas miniaturas como uma forma de marketing, de modo a tornar a empresa mais conhecida e admirada. Deste modo, o fã de plastimodelismo teria prazer em voar no modelo que ele passou horas construindo, verificando as pequenas peças em seu tamanho real. Carros luxuosos, como Ferrari e BMW podiam agora ser construídos por quem não tinha condições financeiras de comprá-los. Essa distância econômica desigual, que permite a somente uma parcela minúscula da população pagar valores exorbitantes por um carro, agora poderia ser diminuída: qualquer um poderia ter uma Ferrari, por exemplo. Mesmo que em sua prateleira.

Outros assuntos incluem ficção científica, espaçonaves, construções, personagens de fantasia e figuras humanas. Alguns construtores se dedicam a montagens mais completas envolvendo vários temas em conjunto, em forma de maquetes. São os denominados “dioramas”. Podem ser inspirados em cenas de guerras, batalhas, cenas do cotidiano, detalhes de aeroportos ou estações de trem, etc. Para a construção dos dioramas utilizam-se diversos materiais como resina, madeira, isopor, placas e tubos de plástico, areia, terra, serragem, entre outros.

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Avise-me quando chegar Cadastre seu email na lista de espera para ser notificado assim que disponibilizarmos mais estoque do produto.
Email Quantidade
Fechar

Carrinho

Nenhum produto no carrinho.

preloader